Conservantes

berries.png

Para que servem?

  • Os microrganismos podem crescer em quase tudo o que contém água. Por isso, acreditamos que os produtos para cuidados pessoais que contêm água devem ser protegidos para prevenir o crescimento de mofo e bactérias prejudiciais. É aí que entram nossos conservantes.
  • Os conservantes são adicionados aos produtos para cuidados pessoais de beleza e para bebês para evitar mofo e bactérias prejudiciais que podem se acumular nesses produtos ao longo do tempo.
  • Muitos dos conservantes disponíveis atualmente são encontrados na natureza. O parabeno, por exemplo, é encontrado no mirtilo e na cenoura. É a maneira da natureza de impedir a deterioração de frutas e legumes.
  • Nosso processo de garantia de segurança testa os conservantes para garantir a suavidade e evitar possível irritação. Isso inclui não apenas estudar como um consumidor pode usar os produtos, mas também leva em consideração a forma como eles podem ser armazenados na sua casa.

Qual a nossa posição?

Os conservantes são essenciais para os produtos para cuidados pessoais à base da água. Sem eles, os produtos diários nos quais você passou a confiar poderiam estar vencidos dentro de semanas ou até dias. Todos os conservantes devem atender às regulamentações governamentais e passar por nosso processo de garantia de segurança antes de os usarmos em nossos produtos.

Todo conservante deve passar em nosso processo de garantia de segurança para poder ser usado em nossos produtos. Assim, as quantidades de conservantes permitidas em nossos produtos estão muito abaixo dos limites definidos pelas autoridades reguladoras.

O que NÃO usamos?

Muitos conservantes não atendem aos nossos padrões de segurança e cuidados. Entre os conservantes que não usamos em nossos produtos incluem-se bromoclorofeno, formaldeído, paraformaldeído, ácido fórmico, bronopol, álcool diclorobenzílico, triclocarban, p-cloro-m-cresol, triclosano, metenamina, cetoconazol, citrato de prata, timerosal, cloroacetamida, 5-bromo-5-nitro-1,3-dioxano, butilparabeno, isobutilparabeno e benzilparabeno. Além disso, exemplos de conservantes que não atendem às nossas normas para produtos para bebês também incluem metilparabeno, etilparabeno, propilparabeno, butilcarbamato de Iodopropinil, quatérnio-15, DMDM hidantoína, imidazolidinil ureia e diazolidinil ureia.

O que usamos?

Como os conservantes são essenciais e usados em uma ampla gama de produtos para cuidados pessoais, é importante escolhermos os conservantes ideais para uma determinada fórmula e ao mesmo tempo evitarmos o uso excessivo ou a superexposição a qualquer conservante específico. Fazemos isso mantendo uma paleta segura de ingredientes que leva em consideração a necessidade de uma ampla gama de ingredientes de conservantes para os nossos produtos. Exemplos de conservantes que atendem às nossas normas de segurança e cuidados incluem benzoato de sódio, fenoxietanol, álcool benzílico, clorofenesina; e metilparabeno, etilparabeno e propilparabeno para produtos para adultos. Quando conservantes alternativos são incompatíveis com outros ingredientes da fórmula, usamos DMDM hidantoína, imidazolidinil ureia e diazolidinil ureia em alguns poucos produtos para adultos.

Parabeno

O Painel Especializado do Cosmetic Ingredient Review dos EUA* analisou o uso de parabeno em nossos produtos para cuidados pessoais e concluiu que é seguro em níveis de até um por cento. Os regulamentos da UE exigem que o parabeno não exceda 0,8 por cento, e que o propilparabeno não exceda 0,18 por cento. Nos produtos que fabricamos que contêm parabeno, ele está presente em níveis abaixo do permitido pelos regulamentos da UE e dos EUA.

Nenhum dos nossos produtos para cuidados pessoais de bebês em âmbito mundial contém parabeno. Em relação aos produtos para cuidados pessoais de beleza para adultos, o parabeno em novos produtos limita-se a metil, etil e propil parabeno, que foram amplamente estudados quanto à segurança e são apoiados pelas autoridades reguladoras mundiais. Não existe nenhum outro tipo de parabeno em nossos produtos para cuidados pessoais de beleza.

Conservantes que liberam formaldeído

Embora os conservantes que liberam formaldeído sejam seguros quando usados em produtos cosméticos bem formulados, ouvimos nossos consumidores e, como resultado, nossos produtos para cuidados pessoais para bebês de todo o mundo não incluem mais conservantes que liberam formaldeído. De maneira similar, você só verá conservantes que liberam formaldeído em produtos para cuidados pessoais de beleza quando alternativas não forem viáveis ou seguras ao serem combinadas com outros ingredientes.

Saiba mais sobre nossa história