Filtros solares

Sunscreen Filters Lead.png

Por que os protetores solares são essenciais para a proteção contra o sol

Cerca de 9.500 americanos são diagnosticados com câncer de pele todos os dias – isso corresponde a aproximadamente 3,5 milhões de pessoas por ano. Os dermatologistas afirmam que até mesmo uma queimadura grave pode dobrar suas chances de desenvolver uma forma de câncer de pele. Segundo a Organização Mundial da Saúde, os especialistas acreditam que 4 de 5 casos de câncer de pele são evitáveis. Profissionais de saúde e autoridades reguladoras de todo o mundo dizem que o uso de protetores solares eficazes é uma parte fundamental para se manter seguro ao sol e prevenir o câncer de pele.

Por isso é essencial usar protetores solares com filtros que ofereçam a máxima proteção contra os raios ultravioleta (UV) prejudiciais. Usando um conjunto diversificado de ingredientes orgânicos e minerais de protetores solares, a Johnson & Johnson Consumer Health desenvolve filtros solares respaldados pela ciência que fornecem proteção contra o sol.

Você conhece estes fatos sobre o protetor solar?

  • Os ingredientes ativos nos protetores solares que ajudam a impedir os raios UV de atravessar a pele são chamados filtros.
  • Nem todos os filtros solares são iguais. Alguns filtros protegem apenas contra os raios UVA que penetram profundamente na pele e causam danos em longo prazo na pele, enquanto outros protegem contra os raios UVB que causam queimaduras solares. Somente alguns filtros protegem contra os raios UVA e UVB.
  • Como cada ingrediente de protetor solar serve a um propósito diferente, é importante entender que cada filtro fornece valor ao proporcionaras melhores opções para a proteção ideal contra o sol. Utilizamos alguns dos seguintes filtros em nossas formulações de protetor solar:
Filtros UVA  Filtros UVB  Filtros UVA + UVB 
• Avobenzona
• Dietilamino hidroxibenzoil hexil benzoato*
• Dissódico
• Fenil
• Dibenzimidazole
• Tetrassulfonato*
• Homosalato
• Salicilato de octila
• Octinoxate
• Octocrileno
• Ensulizole
• Octiltriazona*
• Etilhexil triazona*
• Oxibenzona
• Bis-etilexiloxifenol metoxifenil triazina*
• Metileno bis-benzotriazolil tetrametilbutilfenol*
• Tris-bifenilo triazina*
• Dióxido de titânio
• Óxido de zinco
Filtros UVA
• Avobenzona
• Dietilamino hidroxibenzoil hexil benzoato*
• Dissódico
• Fenil
• Dibenzimidazole
• Tetrassulfonato*
Filtros UVB
• Homosalato
• Salicilato de octila
• Octinoxate
• Octocrileno
• Ensulizole
• Octiltriazona*
• Etilhexil triazona*
Filtros UVA + UVB
• Oxibenzona
• Bis-etilexiloxifenol metoxifenil triazina*
• Metileno bis-benzotriazolil tetrametilbutilfenol*
• Tris-bifenilo triazina*
• Dióxido de titânio
• Óxido de zinco
*Ainda não aprovado pela FDA

Proteção da saúde pública

Como empresa líder na área da saúde e fabricante de protetor solar, a Johnson & Johnson Consumer Health acredita que a saúde da pele é essencial para uma vida saudável. Temos o compromisso de reduzir a incidência de queimaduras solares e câncer de pele que pode ser evitado por meio de nossos filtros solares respaldados pela ciência e do conhecimento sobre exposição segura ao sol. Além disso, fornecemos uma variedade de formulações de protetor solar, porque sabemos que as preferências do consumidor variam e o filtro solar mais eficaz é aquele que o consumidor utilizará.

Participamos de um rigoroso processo de garantia de segurança para cada produto que fabricamos. Como líder no setor de proteção solar, ajudamos pessoas do mundo inteiro a entender e respeitar o poder do sol, o centro de nosso universo e a maior causa ambiental do envelhecimento prematuro e do câncer de pele evitável. Na Johnson & Johnson Consumer Health, nossa missão é garantir uma vida saudável para todos, todos os dias. Do começo ao fim, estamos trabalhando para garantir que os consumidores se sintam confiantes usando protetor solar como uma opção saudável.

Seguro para o meio ambiente

Temos o compromisso de desenvolver produtos que respeitem o meio ambiente. Recentemente, alguns filtros solares foram questionados. Por exemplo, preocupações com os efeitos da oxibenzona nos recifes de corais resultaram em desinformação generalizada sobre a segurança de muitos protetores solares no ambiente marinho. O fato é que não há ciência validada que demonstre uma ligação entre os protetores solares e o declínio global dos corais. De acordo com especialistas ambientais de todo o mundo, o declínio dos corais se deve principalmente ao aquecimento e à acidificação dos oceanos, além de fatores locais geradores de estresse, como distúrbios físicos, pesca excessiva e disseminação de doenças e espécies invasoras. As evidências não corroboram a conclusão de que o protetor solar está provocando ou exacerbando o declínio dos corais ou impedindo a recuperação dos corais. De fato, o estudo preliminar e altamente divulgado que iniciou essa conversa não foi replicado nem apoiado por novos dados de ciência até o momento.